Evite a propriedade do código (Code Ownership)Já ouviram falar na expressão em inglês “Code Ownership”? Este termo é utilizado quando um determinado desenvolvedor é definido como “proprietário” de um código ou módulo do software, ou seja, o desenvolvimento ou manutenção só é realizada por este desenvolvedor em particular. Apesar de comum, manter desenvolvedores como proprietários de código pode ser arriscado e evita o compartilhamento de conhecimento. Acompanhe.

Continue lendo

3 formas de lidar com demandas emergenciais na SprintHello! Tudo certo, leitores?
Diferente dos artigos anteriores sobre Desenvolvimento Ágil, essa publicação será um pouco mais pragmática, envolvendo um cenário comum em equipes de desenvolvimento: as emergências!
Considere que, durante a Sprint, várias demandas emergenciais (erros impeditivos) começam a surgir e exigem prioridade na equipe. Como proceder?
Confira, neste artigo, 3 possíveis formas para lidar com essa situação.

Continue lendo

Escalabilidade e sustentabilidade em um ambiente corporativoOlá, pessoal! Recentemente acompanhei uma discussão no LinkedIn que trazia o seguinte enunciado: “Como sabemos se uma empresa é escalável e sustentável?”. Apesar de interessante, poucas respostas foram postadas e os membros não chegaram a um consenso unânime. Diante dessa dúvida, decidi elaborar um artigo com a minha perspectiva sobre o assunto e, talvez, contribuir com a base de conhecimento de profissionais ágeis. Acompanhe-me!

Continue lendo

Aprenda a dizer "Não" para o Product OwnerQuando trabalhamos com Desenvolvimento Ágil, nós, desenvolvedores, assumimos uma postura diferente. O perfil do “desenvolvedor ágil” exige mais comprometimento, comunicação e colaboração de acordo com as diretrizes da metodologia. Porém, isso não significa que somos obrigados, por exemplo, a concordar com todas as solicitações do Product Owner. Não é fazer cara feia. É simplesmente ser profissional.

Continue lendo

Desenvolvedores devem ser tratados como voluntáriosHoje, deixaremos os assuntos técnicos de lado e discutiremos um tema motivacional. O objetivo desse artigo é apresentar uma perspectiva alternativa sobre o comprometimento dos desenvolvedores e a motivação que os leva a desempenhar um bom trabalho. Afinal, desenvolvedores desmotivados é um aspecto comum nas empresas de desenvolvimento, não é? Por quê?

Continue lendo