SAFe - Scaled Agile Framework

Olá, pessoal!
No artigo passado, sobre ROAM, fiz breves menções sobre o SAFe. Você o conhece ou já ouviu falar?
O framework Scaled Agile Framework (SAFe) foi uma proposta criada por Dean Leffingwell com o objetivo de expandir o Desenvolvimento Ágil a nível organizacional e, diga-se de passagem, a proposta deu certo! Acompanhe o artigo para conhecer algumas das características deste framework.

Continue lendo

Do you really ROAM?Hello, leitores!
Sim, o título deste artigo é em inglês mesmo! O motivo é que o acrônimo ROAM pode ser usado como verbo no contexto de classificação e gestão de riscos durante uma Sprint ou um incremento de programa (Program Increment). Acompanhe o artigo para conhecer cada letra do acrônimo dessa ótima ferramenta do SAFe!

Continue lendo

A área de testes perdeu a força com o Desenvolvimento Ágil?Em fevereiro de 2013, um artigo foi traduzido e publicado na InfoQ a respeito da “morte” da área de QA (Quality Assurance – Garantia de Qualidade) e de testes com o advento das práticas do Desenvolvimento Ágil. Segundo o autor, o TDD e os testes unitários, por exemplo, substituem o trabalho dos analistas de teste. Espere aí… como?! Aí que ele se engana, meu amigo…

Continue lendo

Critérios do Pair ProgrammingOlá, leitores! Quem acompanha o blog, já sabe que sou um grande entusiasta em metodologias ágeis, entre elas, o XP (eXtreme Programming). Uma das práticas mais conhecidas dessa metodologia é o Pair Programming, ou Programação em Par, que consiste na alocação de duplas nas atividades de codificação. Porém, assim como as outras práticas ágeis, o Pair Programming não é uma bala de prata. Este artigo apresenta alguns critérios que devem ser levados em consideração ao empregar essa prática de forma apropriada.

Continue lendo

Kata e KaizenQuando vamos à academia, exercitamos nossos músculos para que eles tenham um maior desempenho, certo? Pensando da mesma forma, também devemos exercitar o nosso cérebro para que a nossa produtividade seja aprimorada, principalmente para nós, desenvolvedores, que demandamos raciocínio lógico. Este artigo apresenta dois exercícios relacionados à programação que podem ser interessantes para essa finalidade. Confira!

Continue lendo