[Delphi] Funcionalidade de Atualização Automática - Parte 1Olá, pessoal, estou de volta com mais um artigo técnico!
Hoje em dia é comum encontrar aplicativos que são atualizados automaticamente pela internet sem a intervenção do usuário. Na verdade, estes aplicativos possuem rotinas específicas que os permitem ser capazes de gerenciar suas próprias atualizações.
Já pensou em implementar essa funcionalidade no seu projeto?
Essa série de artigos, divididas em 3 partes, apresenta um passo-a-passo para codificar uma atualização automática simples, porém, funcional, em Delphi!

Continue lendo

Diferença entre software e sistemaOlá, pessoal, tudo certo?
Desde quando iniciei a minha carreira no ramo de programação, sempre observei que alguns desenvolvedores dizem “software” enquanto outros dizem “sistema”. A princípio, eu pensava que os dois termos eram idênticos, mas, na verdade, existe uma diferença! Acompanhe o artigo e saiba quando estes termos devem ser empregados de forma adequada.

Continue lendo

Dicas para o desenvolvimento de um software – Parte 11Boa noite, pessoal! Após algum tempo sem publicar novas dicas de desenvolvimento, finalmente volto com a 11ª parte dessa série de artigos. Assim como a maioria das publicações anteriores, as dicas deste artigo envolvem aspectos visuais do software e algumas recomendações de praticidade. Sem mais delongas, vamos ao que interessa!

Continue lendo

Bug no software! De quem é a culpa? - Parte 2Na primeira parte do artigo sobre quem leva a culpa quando um bug é encontrado no software, alguns critérios foram empregados para definir a discussão, como a documentação, ambiente de testes e complexidade do requisito funcional. Em continuidade à discussão, este artigo traz uma perspectiva voltada para o processo ao invés de um recurso físico. Vamos continuar?

Continue lendo

Bug no software! De quem é a culpa? - Parte 1Nenhum software está livre de falhas, isso é fato. Quando um software começa a tomar grandes proporções, a probabilidade de surgir erros durante as atividades de manutenção e evolução são consideráveis. Logo, nos deparamos com uma dúvida no ambiente corporativo: quando um bug é encontrado, de quem é a culpa: do desenvolvedor ou do testador?

Continue lendo