Embarcadero Conference 2018 - Review

Tudo novo de novo! #EC2018Rio

A Embarcadero Conference 2018 talvez tenha sido uma das conferências mais marcantes de todos os anos aqui no Brasil. O evento foi realizado em um novo formato (uma única sala, sem paredes, com 7 palestras simultâneas), trouxe grandes nomes da comunidade Delphi brasileira, e também contou com a presença de duas figuras ilustres da Embarcadero: Jim McKeeth, Engenheiro e Developer Advocate, e David Millington, Gerente de Produtos. Um dos principais motivos de todas essas novidades foi o pré-lançamento do RAD Studio 10.3, que será chamado carinhosamente de RAD Studio Rio!
Muitos já suspeitavam dessa homenagem por conta do codinome “Carnival” que o produto levava em sua versão Beta. Agora já não há mais segredos, rsrs!

O evento foi bastante rico em conteúdo, abordando testes, mobile, IoT, Web e DevOps, arquitetura e melhores práticas. Tive a honra de iniciar a trilha de Best Practices com o tema SOLID, que já foi abordado em cinco artigos aqui no blog.
Devo dizer que fiquei impressionado com a “modernização” dos temas apresentados este ano. Houve palestras, por exemplo, sobre mensageria (Redis e RabbitMQ), Firebase, Programação Orientada a Aspectos, deploy para Windows Store, Google Cloud Vision, Docker, AI, Amazon e microservices. Nota-se claramente que o Delphi está acompanhando toda a evolução de arquitetura e tecnologias do cenário de desenvolvimento de software atual, e isso é ótimo! 🙂

Bom, sobre a versão 10.3, ainda estou preparando um artigo mais detalhado, mas já adianto que houve uma melhoria no visual da IDE, tornando-a mais clean. Em breve publico mais detalhes!

Criei um álbum na página do Facebook do blog com algumas fotos. Clique aqui para acessá-las!

Bom, pessoal, agora que a EC já aconteceu, voltarei à “programação normal” do blog, rsrs.
Grande abraço!

Embarcadero Conference 2018!

Tudo novo, de novo!

A Embarcadero Conference deste ano está chegando, pessoal! O evento ocorrerá no dia 23 de outubro, no Centro de Convenções Rebouças, em São Paulo. Serão mais de 50 palestras, divididas em sete trilhas: DevOps, Arquitetura RAD, Android/iOS, Best Practices, Web/Javascript, IoT e Modernization.

Eu estarei lá, apresentando a minha palestra sobre princípios SOLID na trilha de Best Practices! O Francisco Thiago de Almeida, também da DB1 Global Software, fará uma palestra sobre Programação Orientada a Aspectos na mesma trilha!

Grandes nomes da comunidade Delphi, como Alan Glei, Fernando Rizzato, Kelver Merlotti, Guinter Pauli, Landerson Gomes, Thulio Bittencourt, entre vários outros, também estarão lá. Dá pra sentir o força do evento, não é? 🙂

Para mais informações, acesse o site oficial do evento:

http://embarcaderoconference.com.br/

Corram que ainda dá tempo de se inscrever no 3º lote!
Espero vocês lá!

Class Helpers e Record Helpers

Há algumas semanas, enquanto eu examinava a lista de artigos do blog, notei que até o momento não fiz publicações sobre Helpers no Delphi. No artigo de hoje, discorro brevemente sobre o conceito, vantagens, restrições e exemplos deste recurso que considero fantástico!

Continue lendo

Solução para o Access Violation no RAD Studio causado pelo CnPack

Olá, leitores!
O artigo de hoje é uma mera utilidade pública. Em alguns casos, o RAD Studio pode exibir um Access Violation após a instalação do plugin CnPack, principalmente nas versões Seattle, Berlin, e Tokyo. Neste artigo, apresento a solução para este problema!

Continue lendo

Delphi Community Edition Splash Screen

Boa noite, pessoal! Uma grande novidade para vocês!

Hoje a comunidade Delphi oficialmente recebe uma versão diferente, exclusiva e inédita: Community Edition!
Trata-se de uma edição do RAD Studio 10.2.3 Tokyo livre para que desenvolvedores possam explorar a linguagem, os recursos e a IDE de desenvolvimento.

 

O que há nessa edição?

A versão Community Edition, ou apenas “CE”, possui os mesmos recursos da versão Professional do Delphi, portanto, recursos como Firemonkey, FireDAC e compilação para diferentes plataformas estão disponíveis nessa edição. É o suficiente para estudar bastante coisa da ferramenta, não acham? 🙂
Para analisar a diferença entre as edições do produto (Professional, Enterprise e Architect), acesse este link.

 

Quem pode usar essa edição?

O público-alvo da CE são desenvolvedores freelancers, estudantesstartups, e pequenas equipes com até 5 desenvolvedores. A CE também pode ser utilizada por empresas sem fins lucrativos, desde que, além do limite de 5 desenvolvedores na mesma rede, a empresa não tenha um receita anual maior do que 5 mil dólares, que equivale a aproximadamente 20 mil reais.
Caso novos desenvolvedores sejam contratados, ou a receita exceda o valor estipulado, é necessário adquirir uma licença comercial do produto.

 

Sou desenvolvedor autônomo. Posso usar?

Claro! Você pode desenvolver aplicações para uso próprio ou aplicações para comercialização, porém, vale a mesma regra do parágrafo anterior: o limite de faturamento anual é 5 mil dólares, ok?

 

Como posso baixá-la?

Acesse o link abaixo e cadastre-se para receber o instalador e uma licença de 1 ano. Após esse período, a licença deve ser renovada.

https://www.embarcadero.com/products/delphi/starter/free-download

 

Para mais informações sobre essa edição, acesse o comunicado oficial de lançamento da CE no blog da Embarcadero:

https://community.embarcadero.com/blogs/entry/introducing-delphi-cplusplusbuilder-community-edition

 

Mãos à obra, pessoal! Vamos movimentar essa comunidade!
Abraço!